24 Jun 2017, 6:53 pm

CD Review: Division Hell – Bleeding Hate


Division Hell – Bleeding Hate (Independente – Nacional) – Nota: 9,5

Division Hell

Por Clovis Roman

O núcleo do Division Hell é formado por dois guitarristas que estão juntos há 15 anos. Eles integraram o finado Legion Of Hate, e após o fim das atividades dessa, criaram o Division Hell, uma sequência lógica do estilo adotado pela banda anterior. Em 2010, o quarteto disponibilizou Apokalyptika, um EP com três faixas violentas, que mesclavam algumas passagens mais cadenciadas e agonizantes em meio a partes de porrada incessante. Após cinco anos, mostrando que a banda prioriza a qualidade em seu trabalho, chega as lojas o debut Bleeding Hate, que lapidou o som sem perder nada em peso e agressividade.

A dupla citada no parágrafo anterior é Ubour Tatara (também vocalista) e Renato Rieche. Eles são acompanhados aqui pelo exímio baterista Eduardo Oliveira e pelo experiente baixista Hernan Borges, que já tocou em diversos nomes da cena Death de Curitiba e atualmente divulga o curioso (e ótimo) projeto Giant Gutter from Outer Space. E como esperado, o resultado apresentado em Bleeding Hate é de altíssima qualidade. Em “World Khaos” há a participação de outro veterano, o vocalista Mano, que atualmente está no Necroterio. A faixa é primordialmente veloz, mas segura a onda na parte dos vocais, servindo como base. O refrão retoma a insanidade, onde a mescla de frases em inglês e português ficou interessante. A espetacular “The Fable of Salvation” também tem partes mais lentas convidativas ao “headbanging”, além de ter fraseados de guitarra bem melódicos e ao mesmo tempo desesperadores. Essa é uma das melhores do play, ao lado das também colossais “Holy Lies” (cuja letra versa sobre a ganância das instituições religiosas) e “Bleeding Hate”.

A parte final do álbum conta com a instrumental “Bleak”, um interlúdio que introduz “Waiting for the Exact Time”, que assim como a saideira “Crossing The Line”, foi totalmente composta por Rieche. O guitarrista, cuja técnica é inquestionável, se deu bem como letrista, e suas composições encerram de maneira digna o debut do Division Hell. A capa do álbum é sensacional, e o encarte, diminuto, contém as letras e conta com uma foto da atual formação do Division Hate (cuja única alteração se deu com a saída de Gino Gaier e a entrada de Hernan). Outra grande vitória de Bleeding Hate é o fato da banda não ter regravado músicas do EP Apokalypika. Todo o material ouvido aqui é inédito, mostrando que eles não tem problemas em compor. E pelo conteúdo do álbum – além da experiência de seus músicos – é bem provável que o próximo play venha, no mínimo, tão matador quanto este. Indispensável.

Bleeding Hate

MÚSICAS
1. Army of the Dead
2. The Fable of Salvation
3. World Khaos
4. Bleeding Hate
5. The Last Words
6. Holy Lies
7. Bleak
8. Waiting for the Exact Time
9. Crossing the Line

Reviews

Postado em janeiro 14th, 2016 @ 09:44 | 377 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»