22 Sep 2017, 10:28 pm

Nile Dá Aula De Death Metal Em São Paulo


Nile @ Manifesto Bar, São Paulo – 26.08.2017

 


Texto: Marco Donida
Fotos: Renato Jacob

Assistir ao show do Nile no Manifesto Bar foi um privilégio. Um dos maiores expoentes do Death Metal extremo, com mais de 20 anos de carreira, discografia brilhante e relevância inquestionável tocando num bar em São Paulo foi surreal. Não por conflito de status, mas porque eu acho que o som da banda realmente pede uma casa maior, com toda a estrutura de som, monitoração e P.A. que se tem direito. É tudo muito rápido, muito técnico e complexo e fazer soar inteligível para o público a cada show não é das missões mais fáceis.

O Manifesto é possivelmente o bar de Rock mais legal da cidade. Tem uma puta história e uma estrutura para shows apropriada para as dimensões de um bar. Muito boa, na verdade, porque atendeu à banda plenamente. Do contrário, não os veríamos felizes e descontraídos como os vimos no palco. Há limitações, é claro. Por melhor que seja o equipamento, o som pode ser difícil de acertar como também variar muito de acordo com o local onde você se posiciona na plateia. A iluminação igualmente não faz a vida dos fotógrafos lá muito fácil. Havia no palco espaço suficiente para a imensa bateria de George Kollias e todo o backline, mas não muito mais para o resto da banda. Algo que tenha comprometido a apresentação? Nem de longe!

E não apenas o clima próximo e intimista indicava que aquele seria um show diferente. Uma das figuras mais carismáticas da cena Death Metal não estaria presente. Dallas Toler-Wade, guitarrista e principal vocalista desde 1997, Dallas deixou a banda em janeiro desse ano para se dedicar a outros projetos, em especial o Narcotic Wasteland, que acaba de lançar seu segundo álbum.

Dallas e Karl Sanders formaram por vinte anos uma dupla de guitarristas insanamente velozes e donos de uma técnica brutal que estabeleceu parâmetros dentro do estilo. Substituir Dallas nesse momento da banda seria uma ingrata tarefa para qualquer um, mas Brian Kingsland não foi escolhido à toa e disse a que veio no palco do Manifesto.

O set abriu furioso com “Sacrifice Unto Sebek” do álbum Annihilation Of The Wicked, e ali já se via toda a sintonia e o entrosamento que eram esperados. Na sequência, “Defiling the Gates of Ishtar” do Black Seeds of Vengeance e “Kafir!”, que abre o From Whom The Gods Detest.

O jovem baixista Brad Parris ganhou o centro do palco e se saiu muito bem na comunicação com o público. Como instrumentista, não há o que falar. Se não fosse um monstro também não estaria na banda. Escondido no canto, atrás dos muitos tambores, estava George Kollias fazendo aquilo no que é mestre: Tocar no limite do humanamente possível. Sanders, o patriarca e único membro original da banda, parecia estar se divertindo, tranquilão ali no seu quadradinho, falando pouco, tocando muito e sempre sorridente.

E foi uma pedrada atrás da outra: In The Name Of Amun, The Fiends Who Come to Steal the Magick of the Deceased, Kheftiu Asar Butchiu e Sarcophagus, pra citar algumas. Um clássico, The Howling Of The Jinn, do primeiro álbum, foi épico. Então, o hino maior da banda, cujo refrão foi acompanhado em uníssono pelo público, “Black Seeds Of Vengeance” encerrou grandiosamente a noite.

Essa quarta passagem deles pelo Brasil fez parte de uma pequena tour de seis shows pela America Latina e com essa única data em São Paulo. Foi uma aula de brutalidade e uma grande demonstração de compromisso com a música e com os fãs. Que voltem sempre!

Nile é formado por:
Karl Sanders – Guitarra e vocal
Brad Parris – Baixo e vocal
Brian Kingsland – Guitarra e vocal
George Kollias – Bateria

Setlist:
Intro: Ushabti Reanimator
1. Sacrifice Unto Sebek
2. Defiling The Gates of Ishtar
3. Kafir!
4. Hittite Dung Incantation
5. Call To Destruction
6. In The Name Of Amun
7. The Fiends Who Come To Steal The Magick Of The Deceased
8. The Howling Of The Jinn
9. Kheftiu Asar Butchiu
10. Sarcophagus
11. Unas Slayer Of The Gods
12. Black Seeds Of Vengeance
Outro: Khetti Satha Shemsu

 

Mosh Live · News

Postado em agosto 29th, 2017 @ 21:13 | 101 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»