fbpx
5 Aug 2021, 11:41 am

Shinigami lança “Rabbit Don’t Come Easy” do Helloween


Além das lendas Scorpions e Accept, o HELLOWEEN é uma das bandas mais populares do Rock/Heavy Metal alemão e também é uma das poucas bandas alemãs que conseguiu vender quase meio milhão de discos, com clássicos como as duas partes de “Keeper Of The Seven Keys”, nos EUA.

HELLOWEEN é considerado até hoje o padrinho do Power Metal, um dos principais artistas do gênero e uma influência para quase todas as bandas do estilo e com o seu décimo álbum de estúdio “Rabbit Don’t Come Easy”, lançado em 2003, eles provaram que são únicos e que ainda mantêm em seu som suas marcas registradas, mesmo com algumas pequenas mudanças aqui e ali. O HELLOWEEN sempre esteve pelo menos um passo à frente por ser extremamente versátil em suas composições.
 
“Rabbit Don’t Come Easy” marcou mais um importante capítulo na história da banda. O álbum foi produzido por Charlie Bauerfeind (HammerFall, Blind Guardian etc.) e foi gravado nos Mi Sueno Studios em Tenerife, de propriedade do vocalista Andi Deris. A energia e a experiência de Charlie ajudaram a coroar este excelente álbum.
 
Antes de começar o processo de gravação de “Rabbit Don‘t Come Easy“,  houve muitos rumores sobre quem iria substituir Roland Grapow (guitarra) e Uli Kusch (bateria). A banda alistou o talentoso Sascha Gerstner para as guitarras que não perdeu tempo contribuindo nas faixas Open Your Life”“Sun 4 The World” e “Listen To The Flies ao lado de Andi Deris. Para a bateria, a banda chamou a Mark Cross, porém ele apenas conseguiu gravar duas músicas pois ficou doente. Como a banda não poderia atrasar a gravação do álbum, convidaram o grande Mikkey Dee (King Diamond, Motörhead) para gravar algumas músicas em estúdio. No entanto, o HELLOWEEN ainda precisava encontrar um baterista que pudesse se juntar à banda em tempo integral e eles finalmente encontraram um cara chamado Stefan Schwarzmann (ex Running Wild e Accept) para assumir o cargo.
 
“Rabbit Don’t Come Easy” mostrou o lado “feliz” da banda, ao contrário do álbum mais sombrio e místico “The Dark Ride”. Ao ouvir “Rabbit Don’t Come Easy” você poderá sentir e experimentar o coração e a alma que cada um dos membros colocou neste álbum. Com este álbum, o HELLOWEEN mostrou toda sua força e poder!
 
O álbum é muito versátil e começa com a faixa “Just A Little Sign”, escrita pelo vocalista Andi Deris, seguida pelos hinos mid-tempo “Never Be A Star” e “Hell Was Made In Heaven”. Uma das surpresas do álbum é a monumental e bem maluca “Nothing To Say”, escrita pelo membro fundador, guitarrista, compositor e lenda do metal Michael Weikath. O álbum também traz algumas faixas mais agressivas como “Liar”, escrita pelo baixista Markus Grosskopf, e a extremamente cativante “Open Your Life” escrita pelo guitarrista Sascha Gerstner. Músicas como “Do You Feel Good” – escrita por Michael Weikath – e “Don’t Stop Being Crazy” – escrita por Andi Deris – mostram a diversidade da banda e provam que “Rabbit Don’t Come Easy” não é apenas um clássico, mas um álbum muito, muito especial!
Doze hinos para a eternidade que podem ser apreciados por qualquer headbanger! Aproveite a experiência!
 
Um relançamento da parceria Nuclear Blast/Shinigami Records em versão em DIGIPACK – com contracapa sobressalente para quem não abre mão da versão em acrílico – com três faixas bônus: “Far Away” e os covers de “Fast As A Shark” e “Sheer Heart Attack”, das bandas Accept e Queen respectivamente.
 
Adquira sua cópia no seguinte link: https://bit.ly/3ew9W0u.
 
Fonte: Shinigami Records

News

Postado em maio 18th, 2021 @ 08:08 | 94 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»