24 May 2017, 5:45 pm

The Winery Dogs emociona Curitiba


Jeff Scott Soto & The Winery Dogs @ Ópera de Arame, Curitiba – 20.05.2016

The Winery Dogs. by Andre.Smirnoff .07

Texto Daniel Damnted
Fotos Andre Smirnoff

Pouco mais de um mês após o maravilhoso show do Accept, o improvável palco do Ópera de Arame recebeu outro evento que foi, no mínimo, excelente. E que venham outros, pois esse local é ótimo para shows desse porte. Apesar da chuva e do frio na capital curitibana, o teatro estava praticamente lotado mais uma vez!

Pontualmente às 21hs, o lendário vocalista Jeff Scott Soto se apresentou com sua banda, com a qual já gravou dois álbuns. Na guitarra base, teclados e vocais temos o brasileiro BJ, parceiro de longa data do Jeff. Outro brasileiro é o baterista Edu Cominato, muito talentoso e muito mais simpático do que certos egocêntricos e mimados que atuam por aí… Completam a banda o virtuoso guitarrista espanhol Jorge Salan e o incrível baixista norte-americano David Z. Essa banda possui “um alto nível de musicalidade”, nas palavras do próprio Jeff.

O público estava sentado durante as primeiras músicas, até que o vocalista intimou a galera a se levantar. Em tom de brincadeira, ele disse que se as pessoas ficassem sentadas ele teria vontade de ficar sentado também, haha! O alto astral de toda a banda contagia demais, em vários momentos do show eles fazem brincadeiras entre eles e também com o público. Jeff e BJ tomaram um copo inteiro de caipirinha cada um, enquanto o público gritava: “vira, vira, vira…”, foi um momento hilário!

Algumas das músicas mais novas não contagiaram o público tanto assim, mas são boas composições, especialmente a emotiva “When I’m older”. O melhor estava guardado pro final: “É hora de se divertir um pouco”, disse Jeff. O baixista David Z fez um excelente solo e executou um trecho de “Billie Jean”, do Michael Jackson. Tocaram “Don’t stop believing”, do Journey, com BJ nos vocais. A banda também empolgou a galera ao incluir um medley com duas músicas da época que Jeff cantava com Malmsteen e também pequenos trechos de músicas do Kiss, Queen e Twisted Sister, antes de executar mais uma do Talisman, antiga banda de Jeff.

Durante uma hora, SOTO não foi simplesmente uma banda de abertura, o show deles foi simplesmente completo e perfeito. Parabéns a todos, espero que continuem juntos por muitos anos e que voltem pra Curitiba em breve.

REPERTÓRIO
Intro / Freakshow
Weight of the world
21st Century / Colour my XTC
The fall
Cyber Masquerade
When I’m older
Break
Unblame
Tears in the sky / I’ll be waiting
I am a viking / I’ll see the light tonight
Stand up and shout

JSS. by Andre.Smirnoff .07

Eu sempre fui fã desses três gênios nos seus trabalhos anteriores, mas ainda não conhecia nenhuma das músicas desse novo supergrupo. Eu já tinha lido alguns comentários positivos e também negativos sobre a banda e sobre o álbum de estreia, então eu acabei deixando pra tirar minhas próprias conclusões a partir desse show.

É muito importante ressaltar que eles não fazem um “show para músicos”, não se trata de uma simples demonstração de virtuosismo. Com certeza até os ouvintes comuns (que não são músicos) conseguem captar a energia e o feeling nas composições, ou seja, a música em si é que é o foco do show. Mas a interpretação deles e o altíssimo nível técnico transforma até mesmo uma simples balada em algo especial.

O som estava incrivelmente cristalino, perfeito mesmo. Richie é bastante introspectivo, então coube ao baterista a tarefa de conversar com o público. O único problema é a mania irritante que ele tem de ficar cuspindo em várias direções no meio das músicas, mas enfim… Faltou um solo de bateria nesse show, mas praticamente em todas as músicas há momentos em que a bateria se destaca, então tudo bem. O solo de baixo foi algo assombroso, hipnotizou a galera. Já Richie mandou muito bem também no violão e no teclado, principalmente durante “Fire” e “Regret”, que terminou com (mais um) inspiradíssimo solo de guitarra.

Resumindo, eles não são seres humanos no palco, são músicos muito além de geniais. E o mais importante é que eles realmente sabem compor… Na saída do show eu comprei dois CDs deles, que já estão devidamente autografados aqui na minha coleção. Obrigado Richie, Billy e Mike!

REPERTÓRIO
Oblivion
Captain Love
We Are One
Hot Streak
How Long
Time Machine
Empire
Fire
Think It Over
The Other Side
Ghost Town
I’m No Angel
Elevate
Regret
Desire

Mosh Live · News

Postado em maio 22nd, 2016 @ 21:20 | 456 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»