26 Apr 2018, 11:01 pm

CD Review: Deathgeist – Deathgeist 


CD Review: Deathgeist – Deathgeist 

Por João Calixto

Nos idos de 1996, dentro de todo aquela incerteza que rondava o estilo, surgiu a massa sonora chamada Bywar, que apesar de ter escolhido um estilo que já estava mais do que saturado na cena, no caso o Thrash Metal, nos trouxe um grande alento e porque não dizer, uma esperança em ver o metal renascer de novo, diante de tantas dúvidas. E assim aconteceu, álbum após álbum, o Bywar se tornou um Norte para tantas outras bandas que surgiram dentro do estilo após sua ascensão. E das cinzas deixadas pelo Bywar, surgiu essa grata surpresa chamada Deathgeist. Não considere os como um novo Bywar, porque não é, com certeza se trata de uma banda muito mais experiente e com um verdadeiro Dream Time em seu line up!!!

O play de nome “Deathgeist” foi aguardado com muita expectativa, e elas foram devidamente compensadas, porque o CD é um arregaço do começo ao fim!!! Thrash não linhagem Old School, misturadas com elementos atuais, se mostraram bem eficientes no produto final. Os vocais de Adriano Perfetto nos remetem as bandas de Thrash alemão dos anos 80, principalmente Destruction e Kreator, fazendo a festa dos saudosistas.

O play começa com uma Intro e emenda com o cartão de visitas “Thrash Metal Fire”, música forte e bem no estilão que o Deathgeist se propôs, Thrash puro e simples. Seguimos com “Day of Tomorrow” e “Captured of Hell”, onde Victor Regep mostra todo o seu talento com riffs para lá de inspirados! A próxima é “Ghost of Torture” com sua letra bem atual, falando de drogas, religião e todos os males do mundo atual. O play tem uma atmosfera bem agradável, aquele som bom de ouvir e te faz deixa lo rolando sem interrupções. Coisa difícil nos dias de hoje. “Death Razor” tem seu destaque pelo seu andamento e todo o trabalho de baixo e bateria executado, não só nessa faixa, mas em todo o play. Créditos á Maurício Cliff Bertoni e Goro, a excelente cozinha do Deathgeist!!!

Esse primeiro trabalho do Deathgeist se torna atemporal, graças à qualidade de suas composições e pelo talento individual de seus músicos. A certeza que trabalhos vindouros terão um nível melhor ainda é muito animador. “Mass Holocaust” e “Where Evil Rules’ vem em seguida e percebo partes bem elaboradas em ambas, muito boas e tecnicamente perfeitas!! Encerram o disco com “Witching Spirit” e só podemos concluir que esse disco de estreia do Deathgeist só veio mostrar que o Thrash tem seu lugar cativo dentro de todos os corações dos bangers amantes do estilo, grande parte a lançamentos com a qualidade deste “Deathgeist”. Confiram urgentemente!!! Indispensável!!!

CD Simples (Caixa Acrílica)
Ano: 2017
País: Brasil
Ano de Formação: 2017
Procedência: Nacional
Gravadora: Mutilation Productions
Estilo: Thrash Metal

TRACK LIST:
1. Intro
2. Thrash Metal Fire
3. Day of No Tomorrow
4. Captured by Hell
5. Ghost of Torture
6. Death Razor
7. Mass Holocaust
8. Where Evil Rules
9. Witching Spirit

Formação:
Goro Drums
Maurício Bertoni Bass
Victor Regep Guitars
Adriano Perfetto Guitars, Vocals

 

News · Reviews

Postado em Abril 5th, 2018 @ 09:09 | 274 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»