13 Dec 2017, 6:41 pm

CD Review: Freak Company – Freak Company


Freak Company – Freak Company (Independente)  2015

por Clovis Roman

O Freak Company é oriundo de Campinas, São Paulo, e toca Rock and Roll. Em suas influências, conseguimos captar nomes como o Black Sabbath e Queens of the Stone Age, só para ficar nos mais óbvios. O trabalho de estreia do grupo foi feito com bastante atenção no que se refere a qualidade. Afinal, cinco das seis faixas deste EP autointitulado foram gravadas no Studio 606, de propriedade de Dave Grohl (Foo Fighters, Nirvana), com a mesa Neve, uma das melhores do mundo, cuja qual pouquíssimas foram produzidas. A história da mesa que está no estúdio de Dave pode ser vista no filme documentário Sound City, dirigido pelo próprio.

Mesmo com a gravação e mixagem tendo sido feita em apenas um dia (17 de setembro de 2015), o resultado ficou realmente muito bom. E a galera aproveitou sua passagem por lá. Afinal, três dias antes da gravação, fizeram um show no Whisky a Go Go, em Los Angeles. Você encontra gravações deste show histórico no canal no Youtube da banda.

Sem muita enrolação em seus cerca de quatro minutos, “Shivers” abre o disquinho com um Hard empolgante, sendo seguida pela mais cadenciada e alegre “Slide (Wrong Way)”, que remete a algo mais anos 90 nos riffs. A performance da vocalista Flávia Stella nessa, em especial, é ótima. Em “Umbral” o grupo vai para algo mais denso, climático, no momento alto do CD. Ela é seguida pela estranha “(abstract)”, que dá uma quebrada no ritmo. “You Got Me Running” põe tudo no lugar e é seguida pela última faixa, “Knock off Boy”.

A saideira é a única que não foi gravada nos Estados Unidos. Ela foi registrada, meses antes, no estúdio Black Bridge, em São Paulo. Seu som é diferente mas não chega a destoar do restante. O EP tem apenas 23 minutos, acaba muito rápido. A audição dele com um todo é agradável, daqueles que quando termina, parece que pouquíssimo tempo se passou. Que venha um álbum completo o mais rápido possível, pois a Freak Company é uma das boas representantes do Stoner nacional. A capa teve uma sacada bacana ao citar o estúdio na ilustração e tudo o mais, mas a arte (que por si só é espetacular) nada tem a ver com o estilo da banda. Um grupo de grindcore teria mais a ver.

O EP está nas principais plataformas digitais e também pode ser ouvido, na íntegra, no Youtube.

Contato

Youtube:www.youtube.com/user/Freakcovideos
Facebook:www.facebook.com/freakcompanyrock

Reviews

Postado em novembro 19th, 2017 @ 20:50 | 57 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»