25 Apr 2017, 6:32 pm

CD Review: Sodom – Decision Day


Sodom – Decision Day (Steamhammer) – Nota: 9

sodom16

por João Calixto

Aqueles que acompanham os mais recentes lançamentos tem se deparado com uma grande constatação: A avalanche de novos trabalhos, com aquele selo de “mais do mesmo’, estão se alastrando pela cena de uma forma impiedosa. Sendo bandas novas ou até as consideradas “medalhões”, o receio de inovar dentro do estilo que escolheram como bandeira faz com que tenhamos a impressão de sempre estar diante do mesmo disco, apesar de ser tirado do forno naquele instante. Existem as exceções.Uma dela é  o grupo alemão Sodom. Aquele bom e vigoroso Thrash Alemão de qualidade singular continua intacto, disco após disco. Conseguindo se estabilizar com uma poderosa lineup, Tom Angelripper nos apresenta seu novo petardo, “Decision Day”, e mostra que não perdeu o talento em inovar mesmo após tanto tempo.

Começamos a analisar esse novo trabalho pelo ponto fraco dele,a capa. Com certeza,uma das menos inspiradas que a banda já fez – a ideia é criativa mas ficou bem abaixo dos seus dois últimos trabalhos. Vamos ao que interessa que é o som: o play começa muito bem com “In Retribution”, uma pedrada na cara para iniciar os trabalhos com o clima lá em cima. Em seguida temos “Rolling Thunder”, um dos grandes destaques desse álbum recheado de boas músicas. As próximas são a excelente faixa título “Decision Day” e a música de trabalho “Caligula”, lançada antecipadamente ao álbum.O Sodom realmente conseguiu acertar as peças, o sincronismo entre todos na banda mostra como estão coesos nas composições. Quem ganha com isso somos nós,seus fãs!!!

Seguimos com “Who is God?” e a enigmática  “Strange Lost World”,mostrando os atributos do baterista Makka, um tiro certeiro de Angelripper – excelente aquisição! As próximas são “Vaginal Born Evil” e “Belligerence”, e ouvimos nelas a avalanche de riffs característicos do Thrash Alemão, com Bennemann arrepiando e espalhando a sua apuradíssima técnica. Seguimos com “Blood Lions” e a já conhecida “Sacred Warpath”, essa última já havia sido lançada em formato de EP em 2014, mas agora saiu numa nova roupagem. Fechando o álbum temos “Refused to Die”. Na versão lançada no exterior temos “Predatory Instict” como bônus e podemos constatar mais uma vez que esta poderia estar tranquilamente na versão normal do play. Mas como sabemos já, negócios são negócios.

Como comentário final, enalteço o lançamento deste play em nossas terras numa versão pra lá de caprichada, no formato digipack, e digo que é um dos melhores lançamentos do Sodom dentre seus mais recentes trabalhos.Não perca tempo em conferir, porque com certeza não haverá arrependimentos.

sodom_cd

MUSICAS
1. In Retribution
2. Rolling Thunder
3. Decision Day
4. Caligula
5. Who Is God?
6. Strange Lost World
7. Vaginal Born Evil
8. Belligerence
9. Blood Lions
10. Sacred Warpath
11. Refused to Die

News · Reviews

Postado em novembro 30th, 2016 @ 14:14 | 217 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»