1 Oct 2020, 5:00 am

Mosh Interview Com Nigro


Batemos um papo com o Carlos Nigro, líder e fundador da banda que leva seu nome.

Por Emerson Mello

Além da responsabilidade de estar à frente de uma banda que leva seu nome, Carlos encarou o desafio de mudar radicalmente de estilo, saindo do Thrash Metal para o AOR. Ele nos fala em detalhes sobre o seu novo trabalho que está com produção do experiente Tito Falaschi, sobre a receptividade do público e da relação com as rádios FMs.

FM – Antes da Nigro virar banda, ela começou como um projeto solo seu, em que você escolhia todos os músicos. Depois a coisa evoluiu para se tornar uma banda. O que levou a esta decisão e como foi este processo de transição?

Carlos Nigro – No começo ficava mais fácil pra poder compor tudo do meu jeito, e o único trabalho era chamar os músicos, porém nem sempre tinha tempo hábil pra tocarem tudo coerentemente, então surgiu a necessidade de chamar pessoas que estariam (e estão) engajadas no trabalho, prontos pra tocar a qualquer momento, sendo que se aparecer algum evento repentinamente estivessem prontos. E como as idéias vão casando, os músicos foram me apresentando suas idéias e as mesmas eram e são muito boas, ficou inviável eu trabalhar apenas como projeto e resolvi transformar em banda, para que os músicos poderem expressar suas idéias e saberem que serão reconhecidos da mesma forma.

FM – E em relação a questão nome, todos concordaram em continuar usando seu sobrenome?

Carlos Nigro – Daí a questão do nome, pode soar até um pouco egocêntrico, mas como no inicio eu solicitei a presença do baixista Anderson Shelby e do guitarrista Wagner Wolf, ambos que já tocam comigo na Dream Warriors Dokken Tribute Brazil, banda tributo aqui de São Paulo, e em conversa com eles, me lembraram que a banda que fazemos tributo leva o sobrenome do vocalista, e deu muito certo pra eles, então não teria problema se a nossa autoral também levasse meu sobrenome. E assim ficou, continuamos com o nome NIGRO. Depois do Shelby e do Wolf gravarem suas partes no meu EP, que está para sair, por intermédio do Wolf conhecemos o que veio a se tornar o tecladista oficial, Vagner Brentan.

FM – A logo da banda ficou muito bonita, com um visual bem clean e de bom impacto visual. Me lembrou o conceito que o Steve Jobs(Apple) gostava de trabalhar de “simplicidade e sofisticação”. Quem desenvolveu esta arte pra banda?

Carlos Nigro – Muito obrigado por gostar da logo e do intuito do projeto/banda. O que procurei com isso foi mostrar minha verdade, eu acho que o simples também pode ser muito bonito, e quero passar para as pessoas que viver é simples. Gosto das coisas bem “transparentes”, que sejam bem visíveis, e assim passar isso na música e imagens. Inicialmente para o primeiro Single, “Only For Today”, a logo e capa ficou por conta do designer André Mergel, que trabalhou em tudo na foto e imagens de fundo. Legal citar que tentei fazer algo no contexto da música, “aguardando alguém que talvez nunca volte”. Já a capa do novo EP, que sairá em breve, ficou a cargo do nosso guitarrista Wolf que é excelente designer também, e o contexto novamente tem sentido com a música título “Your Choices”, e remete ao primeiro single, trilhos de trem, o que seria como uma continuação, porém são letras independentes.

FM – Apesar da Nigro ser um projeto relativamente novo, o primeiro trabalho, o single ‘Only for Today’, foi lançado com produção do experiente Tito Falashi (irmão do vocalista Edu Falaschi). Como vocês chegaram até ele?

Carlos Nigro – Isso é uma história curiosa, pois desde o lançamento da banda Symbols, do primeiro álbum, eu já curtia muito o trabalho dos irmãos, e os conhecia por esse trabalho. A letra “Only For Today” eu já tenho há muito tempo também, e a construí em outra banda que tive, onde a sonoridade era mais Hard Rock, porém a banda não seguiu adiante, e depois de muitos anos conversando com um amigo meu, Daniel Vargas, vocalista da banda Adellaide (Ex-Horizon), ele me ajudou a refazer o arranjo dessa música. E como nessas duas bandas que ele integrou teve a produção do Tito ele já tinha o contato, então falou com ele e marcamos pra gravar a voz, e depois fez toda a produção, que diga-se de passagem, ficou fenomenal.

FM – O resultado desta gravação ficou dentro do esperado?Como foi a receptividade do público?

Carlos Nigro – Digo que ficou muito além do que eu esperava. Antes disso eu gravei um EP com uma banda de Thrash Metal, aonde a produção deixou muito a desejar, eu já estava desencantado com produções musicais e foi quando tudo mudou. Não acreditava que eu pudesse fazer melhor, quando gravei minha voz com o Tito com a qualidade que ele deixa a sonoridade, eu fiquei deslumbrado. A receptividade do público foi muito boa, eu estava ressurgindo do que eu já tinha até desistido de fazer, e o engraçado que depois de dois anos a receptividade está maior ainda, consegui fazer com que minha música toque no Brasil inteiro, Argentina, Uruguai, França, Portugal, Espanha, Itália entre outros inúmeros lugares. Hoje em dia com a Internet é muito mais viável, fazer com que sua música seja aceita em todos esses países é uma coisa que eu nem sonhava mais, e concretizei.

FM – Ainda falando do single ‘Only For Today” vocês fizeram algum trabalho de divulgação junto às rádios?

Carlos Nigro – Então, em questão de rádios, eu comecei a fazer maior divulgação esse ano de 2020. Rádios online são muito mais receptivas, nos acolhem, ouvem nossos trabalhos, e todas até agora foram muito importantes para alavancada no meu trabalho, infelizmente as FMs mesmo nem ouvem seu trabalho, e se ouvem (mas você não desembolsa nada) elas simplesmente não tocam.

FM – O direcionamento musical aposta basicamente no AOR, que não é muito popular aqui no Brasil. Como você enxerga o potencial mercadológico deste estilo?

Carlos Nigro – Era uma coisa que nunca pensei em fazer, apesar de amar músicas do estilo como Foreigner, Journey, Toto, Survivor entre inúmeras outras, mas nunca me achei capaz de compor algo no nível. Mas sem demagogias, o sucesso vem quando você faz de coração, com sua verdade, tem muitos artistas que não são tão reconhecidos pela grande massa, mas fazem sua verdade e são mais felizes assim. Sucesso vem com trabalho e honestidade. E você sabe assim como eu, por também ser músico, que sucesso é relativo, eu já cantei em um bar que tinham apenas duas pessoas assistindo, mas eu dei meu melhor, para agradar essas duas pessoas que lá estavam. Claro que fico feliz em ter mais pessoas gostando do que faço e espero que tenham mais pessoas nas próximas também. Acho que tem campo para todos os estilos e sei que tem muitas pessoas que irão gostar, mas já com minha idade não espero um Donnington´s lotado!(risos). Mas a vida está aí para aproveitarmos e fazermos o que mais amamos.

FM – A Nigro é uma banda que ainda está em construção de uma carreira e tentando fortalecer seu nome no mercado. Quais são os principais desafios que você enxerga nesta trajetória?

Carlos Nigro – O mercado é muito vasto, porém a maior dificuldade é você começar a enxergar onde pode caminhar, quais os próximos passos, e isso demorei a entender, pois após dois anos do lançamento do single que comecei a divulgar mais certeiramente. Mas acho que sempre temos caminhos a seguir e com nossa verdade, sem prejudicar nenhuma pessoa, qualquer um vai onde nem imaginava chegar. E quando você tenta caminhar sozinho é muito mais difícil, porém ficar a sombra de outrem também não é pra mim, se escorar em outro muito menos. Esclarecendo, acho que a divulgação do trabalho é o mais difícil, pois não é qualquer lugar que abrem as portas para bandas e artistas novos.

FM – Este ano vocês já estavam concluindo o primeiro CD full, veio a pandemia e comprometeu os prazos. Qual o sentimento no meio disso tudo? É difícil controlar a ansiedade?

Carlos Nigro – Nem me fale, é extremamente agoniante! Já era pra banda estar trabalhando no full e com o EP lançado, são 4 faixas inéditas mais a do single, que provavelmente virá com videoclipe. Nem sei descrever, acho que não existe palavra para definir o que sinto além de ansiedade!(risos). Mas também nesse hiato estou trabalhando em coisas novas, onde provavelmente não vai demorar pra lançarmos o full.

FM – Assim como o single ‘Only For Today’, o trabalho está sendo produzido por Tito Falashi. O que pode nos adiantar sobre ele?Produção, composições?

Carlos Nigro – O que posso assegurar é que será um trabalho com uma produção excelente. Sobre as inéditas, letras que falam sobre reflexão da vida (Your Choices), sobre cotidianos e terá uma versão acústica (que no full será lançada elétrica), e se der tudo certo, virá o clip da “Only For Today” que estará no EP também (já que não fiz mídia física desse trabalho).

FM – Quais as principais expectativas com este trabalho e quais são os principais objetivos que querem atingir com ele?

Carlos Nigro – Como vim falando ao longo dessa entrevista, meus anseios são levar alegria aos ouvintes, reflexões, tocar o público de alguma forma, que as pessoas sintam prazer de ouvir minha música, acho que esse é o maior objetivo. E sim, poder tocar em todos os lugares desse mundo, que nós não sejamos “mais uma banda monetária” e sim, que possamos transmitir sentimentos às pessoas!

FM – Considerações finais.

Carlos Nigro – Quero agradecer a todas as pessoas que de uma forma ou outra me ajudaram a concretizar esse meu sonho, e fazer dessa arte tão linda que é a música, um meio para eu me comunicar. Agradeço a Deus por tudo, a minha esposa Lu Bianco por sempre estar me acompanhando em tudo, a toda minha família pelo apoio, a vocês do Fanzine Mosh e ao Emerson pela maravilhosa entrevista. E peço que aguardem, porque se curtiram o single, vão amar o EP e espero que continuem gostando das próximas. Um abraço enorme para todos.

*Line up:

Carlos Nigro – Voz
Wagner Wolf – Guitarra
Anderson Shelby – Baixo

Vagner Brentan – Tecladista

* a banda procura um músico fixo pra posição de baterista.

*Discografia

(2018) – Only For Today (single)

(2020) – Your Choice (aguardando lançamento)

*Redes Sociais

Facebook – https://www.facebook.com/nigroaor/

Instagram – https://www.instagram.com/nigro.aor/

You Tube – https://www.youtube.com/channel/UCpbISlaRwdKETFo95kvL9hw

*Contato

nigro.aorhard@gmail.com

Interview · News · Underground

Postado em agosto 25th, 2020 @ 20:20 | 245 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»