22 Sep 2019, 10:35 am

CD Review: Chaos Magic – Furyborn


Caterina Nix está de volta em um grande lançamento.

por Adriano Purcino

Chaos Magic iniciou-se com uma colaboração de Timo Tolkki (Ex-Stratovarius) e a vocalista chilena Caterina Nix em seu álbum de estreia, o qual tem um direcionamento para uma linha mais sinfônica com elementos eletrônicos, o que não aconteceu neste novo álbum, apesar de termos algumas passagens sinfônicas e umas pitadas eletrônicas.

Em Furyborn temos uma linha mais moderna e melódica de muito bom gosto, composições muito cativantes criadas por Caterina em parceria com o guitarrista e produtor Nasson.

E ainda de quebra, o álbum conta com algumas participações especiais que abrilhantaram ainda mais o trabalho, falaremos delas mais adiante.

A mixagem do álbum feita pelo dinamarquês Jacob Hansen que já trabalhou grandes nomes como: Amaranthe, Evergrey, Volbeat, Primal Fear, Kobra and the Lotus, etc, está perfeita, tudo soando de forma cristalina.

O álbum abre com You Will Breathe Again, iniciando com um ótimo riff e teclados marcantes, Caterina já chega mostrando toda a qualidade e bom gosto nas linhas vocais, qualidade tal que só tende a melhorar no decorrer do álbum.

Na faixa título, Furyborn, já temos a primeira participação de peso no álbum, Tom Englund do Evergrey, fazendo um dueto sensacional com Caterina, primeiro grande destaque do disco.

Like Never Before que também conta com um vídeo clipe, entrega uma memorável performance, essa faixa será um dos grandes destaques ao vivo.

Beware of Silent Waters temos a participação do tecladista italiano Mistheria (Bruce Dickinson, Rob Rock), essa faixa é um pouco mais lenta, mas, com pegada e ótimas melodias.

Falling Again chega recheada de peso, desta vez com participação de Nasson nos vocais, excelente dueto com Caterina, se ele participar mais nos vocais nos álbuns futuros só tem a agregar ao som da banda.

Bravely Beautiful traz Aylin Gimenez (Ex-Sirenia) para um belo dueto com Caterina, excelente faixa.

Throw Me To The Wolves entrega muito peso e um forte refrão, uma das melhores do álbum com toda certeza.

Em I’d Give It All temos um momento mais intimista e acústico, onde a voz de Caterina reina numa faixa muito emocional e cativante, belíssima track.

Seguindo com Path Of The Brave que agora traz Ronnie Romero (Rainbow) para um poderoso dueto, uma faixa bem pesada e marcante.

My Affliction é uma “Power Ballad” que começa de forma mais acústica e logo ganha uma carga de peso com alguns elementos eletrônicos que ficaram bem interessantes, sem soar forçado ou deslocado.

E então o álbum chega ao final com uma das melhores composições do álbum, I’m Your Cancer, faixa que também possui vídeo clipe, e merecido, diga-se de passagem, peso, melodia, energia e um refrão que fará você ficar o dia inteiro cantarolando essa música, sensacional escolha pra fechar o disco com chave de ouro.

Furyborn é um álbum muito consistente e agradabilíssimo onde não temos nenhuma faixa “tapa buraco”, todas as músicas escolhidas para figurar no disco possuem muita qualidade e merecem um repeat muitas e muitas vezes.

Tiro certeiro de Caterina Nix e CIA.

NOTA: 9/10

Vídeos:

Chaos Magic feat. Caterina Nix – Furyborn

Chaos Magic – Like Never Before


Chaos Magic feat. Caterina Nix – I’m Your Cancer

News · Reviews

Postado em julho 3rd, 2019 @ 09:23 | 160 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»