11 Dec 2018, 7:22 am

CD Review: Luxúria de Lillith – Lilitus


Luxuria de Lillith – Lilitus (Independente – Nacional) – Nota: 9

Por João Calixto

O novo trabalho do Luxúria de Lillith, traz uma composição de excelentes músicas bem compactadas e mergulhadas no seu Black Metal visceral, que conhecemos dos seus trabalhos anteriores. O peso despejado nessas novas composições, contrapõe ás vinhetas e instrumentais que servem de base para todas as músicas do álbum. O clima sombrio e obscuro, dá o clima desse “Lilitus”, onde posso destacar, a magnifica capa, feita por Rafael Tavares, um excelente artista, que transpôs com perfeição, a ideia do álbum para a ilustração. Todas as composições e instrumentais foram realizadas por Alysson Drakkar, no formato One Man Band. E vamos ao play.

Começamos com “Nosferatos” que inicia o álbum de maneira sublime, com sua intro muito bem encaixada a música e que dá um toque a mais nessa excelente música. Seguimos com “Mundos Sombrios” e a pesadíssima “Desolados na Escura Floresta”, um dos destaques do play. A sincronia perfeita das bases e instrumental em geral, foram o grande diferencial para todo o trabalho. “Demônios Famintos” começa com seu riff avassalador, o que temos que ressaltar ser uma constante em todo o disco. Peso absurdo em todos os riffs!!! A próxima é “Seres Noturnos” com sua atmosfera densa, calcada nas bases de  baixo e  um excelente suporte de teclados, exercendo papel importantíssimo no alicerce do álbum, a instrumental “Pesadelos Infantos” serve de intro para a faixa título, onde destaco os vocais insanos de Alysson Drakkar, um grande destaque em todo trabalho, pela grande dificuldade em fazer composições que se possam ser executadas ao vivo, tocando bateria com exatidão. As músicas são em sua totalidade feitas em português, tornando ainda mais difícil a missão. A seguinte, é na minha opinião, o grande destaque do play “Eu pesadelo” que se destaca pela sua letra muito bem-feita e seu peso, que transforma a transforma em um diferencial entre as outras.

Fechamos o álbum com “Tormentos da Noite”, instrumental que fecha esse excelente trabalho.

Comparado ao seu antecessor “Mundo de Cadáveres”, o Luxúria veio com um álbum mais direto, sem esquecer suas características iniciais, como suas intros e vinhetas, que me fazem remeter a vários trabalhos Old School dos anos 80, que utilizavam desse recurso e o Luxúria soube como ninguém, utilizar de forma muito inteligente isso a seu favor. Com esse excelente trabalho em mãos, só desejamos a banda que o divulgue com sabedoria e receba todos os elogios dele, porque o que vemos nesse “Lilitus”, é um dos melhores trabalhos do gênero e merece ser conferidos por todos que apreciam o Metal Extremo.

 

MÚSICAS
Nosferato
Mundos Sombrios
Desolados na Escura Floresta
Demônios Faminto
Seres Noturnos
Pesadelos InfantoS
Lilitus
Eu Pesadelo
Tormentos da Noite

News · Reviews

Postado em outubro 4th, 2016 @ 15:18 | 1.750 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»