fbpx
28 Mar 2023, 12:20 pm

Mosh Review: Electric Mob – 2 Make U Cry & Dance


Por Emerson Mello

Em novembro de 2020 bati um papo com o vocalista Renan Zonta, bate papo que foi publicado aqui no Mosh, e naquela época já era visível o alto grau de comprometimento e profissionalismo da banda, era certo que o Electric Mob em pouco tempo passaria de revelação ou promessa à realidade. Esta realidade já chegou e tem nome: 2 Make U Cry & Dance. Este é o título do novo trabalho da banda, lançado mundialmente dia 27 de janeiro pela conceituada gravadora italiana Frontiers. O álbum mostra que a gurizada não se acomodou com o excelente álbum anterior, Discharge, e continua trabalhando duro pra levar seu nome ao topo do Hard mundial.

Seguindo a máxima em que time que está ganhando não se mexe, o quarteto segue sem alterações em sua formação com Renan Zonta nos vocais, Ben Hur guitarra, Yuri Elero no baixo e André Leister na bateria. Apesar da coesão e unidade sonora da banda, impossível não destacar os vocais de Renan, que brinca com a voz e faz o difícil parecer fácil. Musicalmente fica visível que a banda quis soar orgânica, sem exageros, focando mais no potencial das músicas e o resultado final foi um álbum sólido com canções fortes.

Sun is Falling abre o disco, foi um dos singles do álbum e tem vídeo oficial, que ficou muito bem feito por sinal. Não se engane com os acordes iniciais sugerindo que vem uma balada. Logo a banda muda o clima e entra como um rolo compressor e Renan rasgando tudo no refrão “The sun is falling down/I breathe the dust coming from the ground”. Com tanta energia já entregue na primeira música, já sabemos o que podemos esperar do restante do álbum. Will Shine, na sequência, traz mais groove e um riff bem sacado de Ben Hur com um refrão que fixa na mente. Ben Hur mostra que tem boas ideias na cartola e entrega um solo muito bem feito, enquanto a cozinha segura tudo fazendo um paredão sonoro. It’s Gonna Hurt já entra com aqueles coros pra encher os pulmões e cantar junto, impossível não se empolgar. Ela também ganhou vídeo e vale a pena conferir.

By the name (Na Na Na) mostra que a banda sabe equilibrar muito bem groove com peso. Hit Pronto. Com certeza vai funcionar muito bem ao vivo. Soul Stealer mantém a pegada, com mais um riff matador de Ben Hur e muito groove de Yuri e André. Locked n Loaded talvez seja a mais pesada do álbum e traz o melhor solo de guitarra do álbum. Mandaram muito bem em Saddest Funk Ever, que de triste não tem nada e vai colocar muito gente pra dançar, como sugere o próprio nome do álbum. Sem dúvidas, um dos melhores momentos do álbum.

Love Cage é um tema bem legal, com uma letra sacana no melhor estilo Coverdale: “ I’m tied up in your love cage/I swear I’ll be a better man”. Fechando o álbum temos Watch Me que começa com clima mais psicodélico com Renan colocando a voz de forma mais suave e intimista. A banda entra e a música vai crescendo até culminar na parte mais pesada já no refrão. Novamente a banda experimenta elementos diferentes e o resultado é muito bom.

Em 2 Make U Cry & Dance a Electric Mob entregou um grande disco, não teve medo de ousar e adicionar mais elementos à sua música e soube combiná-los muito bem de forma que soaram com coerência dentro do som da banda. Com certeza será um salto na carreira da banda.

Banda – Electric Mob

Álbum – 2 Make U Cry & Dance

Lançamento – 27/01/2023

*Músicas:

01.Sun Is Falling

02. Will Shine

03. IT’S GONNA HURT

04. By The Name (nanana)

05. Soul Stealer

06. 4 Letters

07. Locked n Loaded

08. Saddest Funk Ever

09. Thy Kingdom Come

10. Love Cage

11. WATCH ME (I’m Today’s News)

*Line up:

Renan Zonta – vocal

Ben Hur Auwarter – guitarra

Yuri Elero – baixo

André Leister – bateria

*Ouça 2 Make U Cry & Dance no link abaixo:

News · Reviews

Postado em fevereiro 23rd, 2023 @ 11:55 | 134 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»