fbpx
19 Jun 2024, 9:48 am

Roland Grapow anuncia três shows no Brasil


O guitarrista alemão Roland Grapow (ex-Helloween, MasterPlan), com produção da TC7 Produções, retornará ao Brasil no início de fevereiro para 3 shows em São Paulo, ao lado de grandes músicos do metal nacional. Serão eles: João Luiz (vocal, Golpe de Estado), Fábio Carito (baixo, Warrel Dane, Metallium), Affonso Jr. (guitarra, Revenge) e Marcus Dotta (bateria, Warrel Dane, Metallium).

O setlist dos shows será baseado nos álbuns que Roland participou e gravou com o Helloween em estúdio: “Pink Bubbles Go Ape”, “Chamaleon”, “Master of The Rings”, “The Time of The Oath” e “The Dark Ride” – além de apresentar alguns grandes clássicos do Masterplan.

As datas confirmadas são:

02/02 – Santo André (Santo Rock Bar)
03/02 – São Paulo (Sesc Belenzinho)
04/02 – Limeira (Magic Pub)

Nascido em 1959, na Alemanha, Roland Grapow começou a tocar violão aos 12 anos. Em 1980 ele integrou a banda Rampage, onde tocava guitarra e era o vocalista. Mas seu nome ficou bastante conhecido, quando substituiu o guitarrista Kai Hansen no Helloween, em 1989. De lá para cá ele compôs grandes hits do Heavy Metal em sua carreira — incluindo, também, o Masterplan, banda da qual ele lidera desde 2001, e coleciona 6 álbuns e 2 EPs. Curiosamente, o mais recente, “PumpKings’ (2017), traz 11 releituras de músicas de sua ex-banda, o Helloween.

Não podemos deixar de mencionar Affonso Jr., o experiente e versátil guitarrista que acompanhará Roland nesses shows, possui dois álbuns lançados com a banda de Progressive Heavy Metal Revenge. Além disso, possui um histórico de compartilhar o palco com músicos renomados, como Paul Gilbert (Racer X, Mr.Big) e Scott Henderson (Chick Corea, Tribal Tech), inclusive o próprio Roland Grapow (Helloween, Masterpan), no Brasil, em 2020.

Affonso Jr. comentou sobre tocar novamente com Roland Grapow: “É uma mistura de sentimentos. Lembro-me de crescer ouvindo Helloween muito antes de sua entrada na banda. Quando ele chegou, trouxe novos elementos cruciais para que se tornassem o que são hoje. É um sonho de adolescente que se concretiza ao tocar com um ídolo como Grapow. Esta é a segunda vez que isso acontece, e, de maneira muito positiva, me faz sair da minha zona de conforto atual, exigindo dedicação integral, física e espiritualmente. Tocar com ele é um grande aprendizado, ensinando coisas importantes sobre afinações alternativas, equalização de palco (duas guitarras se complementando) e mostrando ser um ‘Perfect Gentleman’, ao contrário de muitos ídolos. Sinto-me grato pela oportunidade e, acima de tudo, honrado por ter sido escolhido por ele para acompanhá-lo pela segunda vez no Brasil.”

Fonte: whiplash.net

News

Postado em janeiro 24th, 2024 @ 16:50 | 275 views
–> –>


Notícias mais lidas
«
»